<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2979558662565739220\x26blogName\x3dUnimaginative\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://unimaginativekid.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://unimaginativekid.blogspot.com/\x26vt\x3d-4019006269203831654', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
domingo, 22 de novembro de 2009 Y 13:41

Vai chegar um dia em que ninguém vai achar novidade o fato da atriz principal da novela ser negra. Todo mundo vai levar os filhos ao cinema pra assistir a história do garotinho que tem duas mães. As pessoas não vão achar nada demais o presidente dos Estados Unidos ser descendente de africanos e árabes. E, certamente, o personagem gay do Maurício de Souza não vai chocar ninguém.
É difícil pra nós misturarmos a idéia de Turma da Mônica, que a gente lia depois da aulinha de natação enquanto comia biscoito maisena, com um assunto tão sério quanto homossexualidade. Mas gente, qual é! As famílias de hoje não são formadas mais só por um pai e uma mãe. Fingir que o mundo é assim vai acabar gerando uma nova geração de crianças com preconceito. Por isso eu aplaudo sim a iniciativa do Maurício. A intenção dele não é corromper criancinhas ou fazer piada com os gays. Ele quer sim, chocar. Mas é por uma boa causa. Pra que um dia, homossexualidade seja uma coisa tão bem aceita, que ninguém mais perca tempo discutindo as preferências sexuais de ninguém. Muito menos as de um personagem de história em quadrinhos.
(pauta para o site)
por Lud às 13:41 @



domingo, 15 de novembro de 2009 Y 06:24

2009 teve o cheiro do perfume que eu ganhei de Dia dos Namorados, o som de uma música do Kings of Leon e o gosto do sorvete de menta que eu tomei todo domingo. 2009 surpreendeu. Ele trouxe um novo amor, um novo coração partido, uma coluna na capricho, um encontro com a Meg Cabot, (muitas) noites mal dormidas, viagens inesquecíveis. E, ao mesmo tempo, mandou de volta velhos amigos, sonhos antigos e uma determinação que eu esqueci que tinha guardada. Em doismilinove eu inovei. Experimentei comidas novas, fiz bungee-jump, tomei decisões difíceis, tirei a sobrancelha, bombei em química, apostei todas as minhas fichas. Em 2009 eu li, reli, egordei, emagreci, briguei, gritei, chorei, gargalhei. Então, diante de 12 meses tão intensos, estou cansada demais pra fazer previsões para 2010. Só acho que o ano que vem aí vai ter que ralar muito para chegar aos pés desse que passou
(pauta para a revista - retrospectiva 2009)
por Lud às 06:24 @



sexta-feira, 6 de novembro de 2009 Y 17:33

Coisas pra fazer antes de morrer:


- aprender química
- fazer um mochilão
- aprender a falar italiano
- ler todos os livros que eu puder
- ganhar coordenação motora suficiente pra andar de bicicleta e dar uma cambalhota
- trabalhar na ONU
- deixar de ter medo de osgas e de descarga do avião
- ver o sol nascer mais vezes
- salvar baleias com o GreenPeace
- ter filhas gêmeas
- trabalho voluntário na África do Sul
- passar uns meses morando uma cidade perdida no do sul da França
- ser casada por um padre franciscano, numa praia, com convidados sentados em cadeirinhas enferrujadas da Brahma
- guardar todo o dinheiro da cerimônia pra ir pro Taiti (ver resolução acima)
- namorar um russo (de preferência durante os tais meses no sul da França)
- sambar
- entrar naquele castelo em que foi inspirada a Bela Adormecida
- tatuar um olho grego
- escrever um livro
- dormir de rede no interior mais algumas vezes (porque cara, isso é muiiito bom)
- assistir todos os episódios de Friends outra vez
- ver a aurora boreal


Obs: eu devo editar essa postagem com freqüência.
Obs 2: eu tenho que parar de ver os programas de férias da CI
Obs 3: o pré-requisito pra grande parte dessa lista é ser trilionária, o que também faz parte da minha resolução, só que eu acho um pouco mais difícil. ainda bem que sonhar é de graça
por Lud às 17:33 @



ah, oi.

Ludmila. Não sabe andar de bicicleta, nem de salto.
Não sabe ficar brigada (mas, nao confunda, sabe brigar).
Não sabe o que quer da vida.
Não sabe parar de ler.
Não sabe rir baixo, não sabe amar de pouco.
Obviamente, também não sabe fazer um perfil
.




tecs

twittando
orkutando
TAGBOARD



ARCHIVES
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Junho 2008
Novembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009


CREDITS
Template (sweetpulchritude-)
Idea (`vanessa_)
Design (LGM